terça-feira, 24 de março de 2009

Sem titulo


Apenas estou sem objetivo

Sem metas, sem planos

Apenas acompanhando

O lento passar dos anos

Resistindo a mudança

Parando a evolução

Seguindo sem sair do lugar

Rumando sem direção

Respirando o passado

Alheio ao presente

Estático, demente

Como uma estatua

Sem platéia

Não vivo, existo

Apenas o mesmo “eu”

E somente....